Titulares do All-Star Game anunciados; LaVine de fora

Zach LaVine não será titular no All-Star Game de 2021, mas os fãs que torcem por ele para alcançar a sua primeira selecção All-Star da carreira devem sentir-se muito bem sobre as suas possibilidades de conseguir uma vaga nas reservas depois de os resultados da votação terem sido divulgados na noite de quinta-feira.

LaVine terminou em quarto lugar entre os bases da Conferência Leste na votação geral, incluindo o quarto lugar na votação dos fãs (que corresponde a 50% da contagem final), o quinto lugar na votação dos jornalistas (25%) e empatado em terceiro na votação dos jogadores (25%) com James Harden.

Os treinadores vão agora seleccionar sete reservas de cada conferência, que serão anunciados no dia 23 de Fevereiro.

Com médias de 28.5 pontos, 5.5 ressaltos e 5.2 assistências nesta temporada e com 52 por cento nos lançamentos de campo, 43.7 em triplos e 84.7 a partir da linha de lance livre, LaVine está a fazer o melhor que pode para ganhar um lugar no All-Star Game. E tem tido apoio de todo o lado para chegar lá, como atesta o tweet, a 28 de Janeiro, de Dwyane Wade: “Vamos fazer tudo certo este ano e fazer de Zach Lavine um All-Star!

Acho que para jogadores de basquetebol significa mais do que qualquer coisa. Acho que é algo que te leva mais longe“, disse LaVine num episódio recente do podcast da NBC Sports acerca de ter o reconhecimento dos seus pares. “Especialmente se estás a ser esquecido ou se não tens aquelas estatísticas individuais e mesmo assim os teu pares dizem que ainda és merecedor ou que estás a esse nível. Isso significa muito porque é com eles que jogas e têm-te em consideração.

Um jogador que termina em terceiro na votação dos jogadores, tem ali um motivo de orgulho.

Mas vai ter que contar com a escolha dos treinadores para lá chegar. Quer seja um All-Star ou não, podem apostar que LaVine não vai abrandar .

Toda a gente quando se esforça, quer o reconhecimento. E acho que antes de conseguires isso, tens que ganhar“, disse LaVine no podcast, ecoando um sentimento que ele repetiu por anos. “Penso menos em mim mesmo se não for votado como um All-Star? Não. Sempre que entro em campo, acho que sou o melhor jogador em campo, sou só eu.”

Mas, nos últimos anos, não acho que haja 12 jogadores melhores na conferência do que eu. E tento deixar o meu jogo falar mim“.

Faça um comentário...

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.