Marko Simonović brilha na estreia na Summer League

Os Bulls abriram a Summer League de 2022 com uma vitória no prolongamento sobre os Dallas Mavericks por 100-99.

Os Bulls estiveram a perder por 16 pontos no segundo período, mas recuperaram e conseguiram vencer, começando o seu caminho em Las Vegas com uma vitória.

Muito se falou sobre os ganhos de Marko Simonovic durante o defeso. De acordo com o grandalhão, o montenegrino ganhou 11 Kg desde o começo da sua temporada de rookie.

Como é que isso se traduz em campo? Numa palavra: rapidamente.

Simonovic começou o jogo a converter os dois primeiros cestos dos Bulls, o segundo num forte afundanço. Também converteu um “jumper” e abafou uma penetração para o cesto por parte dos Mavs.

O começo quente acabou por ofuscar o fato de Simonovic ter sido requisitado frequentemente pelo ataque dos Bulls. Acabou o jogo com 19 lançamentos, 10 a mais que qualquer outro companheiro. Os resultados diferem, já que falhou vários perto do cesto a meio do jogo e continuou a deixar dúvidas do perímetro, falhando as três tentativas de triplo.

Mas Simonovic tem crédito pela maneira como jogo na parte final. No minuto final do tempo regulamentar teve duas forte finalizações, que empataram o jogo 90-90 e conduziram ao prolongamento. Nos momentos finais desse período, conseguiu um roubo de bola e completou uma transição que colocou os Bulls na frente por 97-99. Depois os Mavs igualaram, e o montenegrino ganhou um ressalto ofensivo e converteu o lance livre que ditou a vitória.

No total, Simonovic acabou com um duplo-duplo de 27 pontos e 13 ressaltos, além de 3 desarmes de lançamento e um roubo de bola. A sua celebração emocional nos momentos finais mostram que a exibição, apesar de não ser nada do outro muito, significou bastante para o jovem montenegrino.

A escolha de primeira ronda dos Bulls, Dalen Terry, não apareceu muito na sua estreia na Summer League, faturando apenas nove pontos com 3 em 7 nos lançamentos. Mas esteve ativo noutras áreas. No lado defensivo, a energia de Terry foi visível, especialmente a fugir dos bloqueios, a perseguir bolas perdidas e a lutar pelos ressaltos. Conseguiu também abafar um lançamento no primeiro período.

Terry também foi o organizador de jogo em várias ocasiões, com resultados variados. Fez um par de assistências, e até uma de um lado ao outro do campo no final do quarto período. Contudo houveram bastantes tentativas errantes e terminou com um rácio de 6 em 6 nas assistências/perdas de bola.

Mas jogar agressivamente e cometer erros é para o que serve a Summer League.

Houve duas coisas desapontantes na estreia de Terry. A primeira é que apenas conseguiu dois lançamentos em suspensão, coisa que foi citada por Terry que precisa de desenvolvimento. A segunda é que Terry não teve muito sucesso a finalizar as poucas penetrações para o cesto que fez. Em três ocasiões o rookie dos Bulls cometeu falta ofensiva, apanhado a empurrar o seu defensor, o que mostra que precisa de melhorar a força. Dois dos seus três lançamentos convertidos vieram em transições rápidas, o que parece ser onde terá mais sucesso.

Malcolm Hill, que foi um dos dois jogadores “two-way” dos Bulls na temporada passada, continua a candidatar-se para um lugar no plantel deste ano. Marcou 18 pontos, 6 ressaltos e 2 roubos de bola. 2 em 2 do perímetro. Justin Lewis, que já é um “two-way” da equipa, começou forte com dois afundanços no primeiro período, e acabou o jogo com 8 pontos e 5 ressaltos.

Além de lançarem mal do perímetro como equipa, 4 em 14, os Bulls perderam a bola 21 vezes. Um lembrete de que o ambiente na Summer League está longe da verdadeira competição da NBA.

Faça um comentário...

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.