Bucks – Bulls, 110-114; Na noite de DeRozan, Chicago empata a série

110-114

Jogo no Fiserv Forum, em Milwaukee (WI)
1 2 3 4 T
Milwaukee Bucks 28 21 31 30 110
Chicago Bulls 29 34 24 27 114

Depois da derrota no jogo 1, os Bulls responderam com uma das melhores exibições da temporada.

Em Milwaukee, contra os Bucks, os Bulls conseguiram estar a vencer por 18 pontos, com os atuais campeões a encurtarem a distância no quarto período mas os Bulls a segurarem o jogo.

DeMar DeRozan teve a sua melhor noite em playoffs com 41 pontos, convertendo 16 de 31 lançamentos, que acabaram com um cesto quando faltavam 18.2 segundos para o final, numa partida que os Bulls “roubaram” em Milwaukee.

Foi uma sequência caótica que incluiu vários ressaltos ofensivos para os Bulls. Eventualmente a bola acabou nas mãos de DeRozan com 24 segundos no relógio. Em vez de esperar que os Bucks cometessem falta sobre si, DeRozan foi na direção do cesto, absorveu o contato de Giannis, e marcou.

Podemos ter noção do que isso significou para os Bulls, já que todo o banco correu para ajudar DeRozan a levantar-se assim que o desconto de tempo foi pedido.

Foi então que Alex Caruso apareceu com outra grande jogada defensiva, sacando uma falta ofensiva a Giannis que trocou a posse de bola para os Bulls. Foi um momento emblemático da sua exibição, já que Caruso esteve em todo o lado e fez jogada atrás de jogada espetacular. Acabou com apenas nove pontos, mas conseguiu 10 assistências, converteu do perímetro e jogou excecionalmente na defesa. Billy Donovan escolheu colocá-lo a defender Giannis na parte final e teve resultados positivos. Conseguiu um desarme de lançamento e foi um dos jogadores que conseguiu o ressalto ofensivo na sequência ofensiva final do jogo.

Como equipa, os Bulls lançaram bem com 49.4% e, mais importante, do perímetro conseguiram 48% (12 em 25), uma melhoria substancial em relação ao primeiro jogo. Se os Bulsl querem ter hipótese de manter a série competitiva, têm continuar a espaçar o campo e a converter triplos.

Os Bulls perderam a bola 13 vezes, o que levou a 13 pontos dos Bucks. Conseguiram 25 assistências em 44 cestos. Como habitual, lançaram de forma quase perfeita da linha de lance livre, falhando apenas uma tentativa.

Atrás de Derozan, Nikola Vucevic tem um grande jogo e uma exibição redentora. Conseguiu 24 pontos e 13 ressaltos, espaçando o campo com o seu lançamento. Conseguiu quatro em oito do perímetro, incluindo um quando faltavam 2:30 para o final e que deixou os Bucks à distância.

Zach LaVine não teve problemas com as faltas neste jogo, conseguindo 20 pontos juntamente com 3 assistências. A grande diferença para DeRozan foi o quarto período, onde DeMar teve a mão quente, mas isso não impediu LaVine de se envolver. Também converteu um muito necessário triplo que parou um parcial dos Bucks no quarto período. Patrick Williams teve nove lançamentos e acabou com 10 pontos, mas encontrou outras maneiras de ter impacto. Conseguiu nove ressaltos e três assistências. Durante a maior parte do jogo a sua tarefa foi defender Giannis e teve dificuldades até certo ponto. Contudo, foi muito necessário para os Bulls dada a sua contribuição nas tabelas.

Os titulares dos Bulls podem ter deixado a desejar no jogo inaugural da série, mas recuperaram e estiveram muito melhor neste jogo. Nenhum dos suplentes teve mais de 14 minutos em jogo, e conseguiram um combinado total de 10 pontos.

Em relação aos Bucks, conseguiram 33 pontos e 18 ressaltos de Giannis Antetokounmpo e todos os seus titulares marcaram 10 ou mais pontos. Brook Lopez continuou a destruir os Bulls, conseguindo 25 pontos e Jrue Holiday conseguiu 15. Khris Middleton marcou 18 pontos, mas deixou o jogo no quarto período devido a lesão. Middleton pode ficar de fora o resto da série, já que o diagnóstico inicial foi uma entorse. Bobby Portis também saiu a meio do jogo depois de uma lesão no olho.

Foi uma grande vitória dos Bulls, já que vencer fora da agora uma esperança renovada quando se seguem dois jogos em casa. O jogo três será na madrugada de Sábado em Chicago, e a atmosfera no United Center vai ser elétrica!


Estatísticas dos Milwaukee Bucks (1-1)
Titulares MP PTS REB AST STL BLK TOV FG 3P FT
Giannis Antetokounmpo 40 33 18 9 1 2 3 11-20 0-2 11-18
Jrue Holiday 38 15 6 6 0 1 6 6-16 2-5 1-2
Brook Lopez 35 25 6 1 0 1 0 9-16 3-6 4-4
Wesley Matthews 34 11 2 1 0 2 0 4-7 3-6 0-2
Khris Middleton 33 18 5 8 2 0 4 6-11 5-7 1-1
Suplentes MP PTS REB AST STL BLK TOV FG 3P FT
Pat Connaughton 23 3 3 1 1 0 1 1-6 1-6 0-0
Grayson Allen 21 3 1 1 0 0 0 1-4 0-2 1-2
Jevon Carter 9 0 2 0 0 0 0 0-1 0-1 0-0
Bobby Portis 6 2 2 0 0 0 1 0-2 0-1 2-2
Serge Ibaka 1 0 0 0 0 0 0 0-0 0-0 0-0
Rayjon Tucker
Jordan Nwora
Thanasis Antetokounmpo
Luca Vildoza
Totais da Equipa 240 110 45 27 4 6 15 38-83 14-36 20-31
Estatísticas de NBA.com
Legenda: MP – Minutos Jogados; PTS – Pontos; REB – Ressaltos; AST – Assistências; STL – Roubos de Bola; BLK – Desarmes de Lançamento; TOV – Perdas de Bola; FG – Lançamentos de Campo; 3P – Triplos; FT – Lances Livres.
Estatísticas dos Chicago Bulls (1-1)
Titulares MP PTS REB AST STL BLK TOV FG 3P FT
DeMar DeRozan 44 41 7 4 1 2 1 16-31 0-2 9-9
Zach LaVine 43 20 1 3 1 0 4 7-13 3-4 3-4
Alex Caruso 38 9 2 10 2 2 1 3-8 3-7 0-0
Nikola Vucevic 36 24 13 2 1 0 2 10-18 4-8 0-0
Patrick Williams 32 10 9 3 1 1 1 5-9 0-2 0-0
Suplentes MP PTS REB AST STL BLK TOV FG 3P FT
Javonte Green 14 2 5 0 0 0 0 1-2 0-0 0-0
Coby White 10 5 0 2 0 0 2 1-5 1-1 2-2
Derrick Jones Jr 8 3 1 0 0 0 0 1-1 1-1 0-0
Ayo Dosunmu 7 0 2 1 0 0 0 0-1 0-0 0-0
Tristan Thompson 7 0 3 0 1 0 0 0-1 0-0 0-0
Tony Bradley
Marko Simonovic
Troy Brown Jr.
Totais da Equipa 240 114 43 25 7 5 12 44-89 12-25 14-15
Estatísticas de NBA.com
Legenda: MP – Minutos Jogados; PTS – Pontos; REB – Ressaltos; AST – Assistências; STL – Roubos de Bola; BLK – Desarmes de Lançamento; TOV – Perdas de Bola; FG – Lançamentos de Campo; 3P – Triplos; FT – Lances Livres.

Faça um comentário...

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.