Dicionário NBA

3-and-D
É qualquer jogador que, não sendo tipicamente uma estrela, se especializa nos triplos (3) e na defesa (D). É um termo que se usa frequentemente na NBA, onde esta capacidade específica tem crescido de valor nos últimos anos.

Air Ball
É um lançamento que falha o cesto, aro, rede e a tabela por completo.

Área Restrita
É uma área entre a linha de lance livre e a linha final, designada por um semicírculo em frente do cesto, onde o contacto contra jogadores ofensivos em movimento são sancionados com uma falta.

Big Man
É qualquer jogador que alinhe na zona do poste, normalmente power forward ou center.

Buyout
É uma situação que acontece quando um jogador e a sua equipa acordam uma certa quantia relativa ao salário restante no contrato para poder dispensar o jogador. Na prática a equipa paga para o jogador ir embora. Embora não pareça fazer muito sentido, essa prática permite que jogadores insatisfeitos possam sair da equipa e retira o salário do atleta em questão do teto salarial.

Center
É uma das cinco posições dos jogadores num jogo de basquetebol, e abreviada pela letra C. O center (em português, poste) é normalmente o jogador mais alto da equipa, e muitas vezes o mais forte e com maior massa corporal. Tradicionalmente jogam perto do cesto. São valorizados pela sua capacidade de proteger o próprio cesto de lançamentos interiores, e capazes de ganhar ressaltos. Antigamente tinham maior destaque nas equipas, contudo, após a introdução da linha de três pontos, o jogo na NBA tornou-se mais orientado para o perímetro e viu a importância geral da posição diminuir. Nos Bulls temos os exemplos de Artis Gilmore, Nate Thurmond, Tom Boerwinkle ou Joakim Noah.

Combo Guard
É um jogador que pode jogar nas duas posições mais recuadas, tanto como point guard como shooting guard. Geralmente são point guard pontuadores que podem jogar como shooting guard, mas são importantes para o esquema da equipa ou conseguem criar espaços para os companheiros.

Draft
O draft da NBA é um evento anual que data de 1947 no qual as equipas da NBA escolhem jogadores que são elegíveis para se juntar à liga. Tipicamente são jogadores vindos do basquetebol universitário dos Estados Unidos, mas jogadores fora do país também são elegíveis. Os jogadores universitários que tenham terminado os quatro anos de universidade são automaticamente eligiveis para serem escolhidos, enquanto os que não tiverem terminado a universidade precisam de declarar a sua elegibilidade e desistir de poder jogar nos campeonatos universitários. Os jogadores estrangeiros que tenham pelo menos 22 anos de idade são automaticamente elegíveis para escolha, enquanto os jogadores com menos de 22 anos têm de declarar a sua elegibilidade.

O draft normalmente tem lugar perto do final de Junho, durante o defeso da NBA. Desde 1989 que o draft consiste em duas rondas, o que é muito mais curto que os drafts de outras ligas profissionais dos Estados Unidos, que costumam ter sete rondas. Trinta jogadores são escolhidos em cada draft. Nenhum jogador pode assinar com equipas da NBA até ser elegível para pelo menos um draft.

Antigamente, jogadores do liceu também eram elegíveis para ser selecionados. Contudo, a partir do draft de 2006, os jogadores de liceu deixaram de ser elegíveis para entrar no draft diretamente vindos do liceu. As regras agora exigem que os jogadores de liceu ganhem elegibilidade para o draft um ano após completarem o liceu, e têm de ter pelo menos 19 anos até ao final do calendário do ano do draft. Alguns jogadores escolhem usar esse ano para jogar profissionalmente noutro lugar, como aconteceu com Brandon Jennings (jogou em Itália), Emmanuel Mudiay (China) e Terrance Ferguson (Austrália).

Draft lottery
A Lotaria do draft é um evento anual feito pela NBA no qual as equipas que falham os playoffs no ano anterior participam num processo de lotaria para determinar a ordem do draft da NBA. A lotaria do draft começou em 1985. No draft da NBA as equipas obtêm direitos por jogadores amadores dos campeonatos universitários, internacionais ou que sejam elegíveis para escolha. O vencedor da lotaria fica com a primeira escolha no draft . Uma escolha de lotaria (lottery pick) é uma escolha do draft que é determinada pela lotaria, enquanto uma equipa que falhou os playoffs é muitas vezes chamada de equipa da lotaria (lottery team).

As regras atuais estipulam que as quatro primeiras escolhas seja decididas pela lotaria, e são escolhidas das 14 equipas que não foram aos playoffs. A equipa com o pior recorde, o a equipa que tenha os direitos do draft da equipa com o pior recorde, tem a melhor hipótese de conseguir a escolha mais alta. Depois de as quatro primeiras posições serem selecionadas (através do sistema de lotaria), a restante primeira ronda do draft é feita pela ordem inversa do recorde de vitórias e derrotas das restantes equipas, ou equipas que originalmente tivesse direitos da lotaria que foram trocados. A lotaria não determina a ordem da segunda ronda do draft.

A partir do draft de 2019 a NBA mudou as probabilidades da lotaria (as três piores equipas tinham todas uma hipótese de 14% de ganhar a primeira escolha) e aumentou o número de equipas selecionadas na lotaria de três para quatro.

Duplo-Duplo
É uma performance onde um jogador acumula uma dezena em duas das estatísticas – pontos, ressaltos, assistências, roubos de bola ou desarmes de lançamento – durante um jogo. A combinação mais comum é entre pontos e ressaltos, seguida de pontos e assistências.

Fadeaway
É um lançamento em suspensão enquanto o lançador salta para trás, a afastar-se do cesto. O objectivo é criar espaço entre o lançador e o defesa, tornando o lançamento mais difícil de desarmar. Michael Jordan popularizou o movimento quando jogava pelos Bulls.

Jump Shot
Também conhecido por Jumper. É um lançamento em suspensão.

Pick and Roll
É uma jogada ofensiva que consiste num jogador a fazer um bloqueio (pick) para o jogador que conduz a bola e depois move-se para o cesto (roll) para receber um passe. Na NBA tornou-se muito popular nos anos 1990.

Point Forward
O point forward é um extremos que tem responsabilidades na organização de jogo, conduzir a bola e definir as jogadas da equipa. É uma mistura entre small forward e point guard. Tradicionalmente uma situação incomum, hoje em dia é cada vez mais normal ver small forwards (e até power forwards) a conduzir a bola e a definir as jogadas da equipa. Nos Bulls o expoente máximo foi Scottie Pippen.

Point Guard
É uma das cinco posições dos jogadores num jogo de basquetebol, e abreviada pelas letras PG. O point guard (em portuguê, base) tem talvez uma das mais especializadas missões de qualquer posição. É esperado que conduza o ataque da equipa. Acima de tudo, o point guard tem de entender e aceitar o plano de jogo do treinador. Também têm de se capazes de se adaptar ao que a defesa permite e controlar o ritmo do jogo. Nos Bulls temos os exemplos de Derrick Rose, Steve Kerr, B.J. Armstrong ou Guy Rodgers.

Power Forward
É uma das cinco posições dos jogadores num jogo de basquetebol e abreviada pelas letras PF. O power forward (em português, extremo-poste) tipicamente jogam ofensivamente de costas para o cesto e na defesa jogam debaixo do cesto numa defesa à zona e contra o power forward adversário numa defesa homem a homem. Tem várias responsabilidades, como ganhar ressaltos. Muitos desenvolveram o seu lançamento de meia distância, e hoje em dia já é comum ver jogadores desta posição a lançar do perímetro. Nos Bulls temos os exemplos de Bob Love, Dennis Rodman, Horace Grant ou Carlos Boozer.

Pump Fake
É quando um jogador inicia o movimento para lançar a bola sem tirar os pés do chão mas para de seguida. A intenção é ganhar vantagem se os pés do defesa saírem do chão.

Quadruplo-Duplo
É uma performance onde um jogador acumula uma dezena em quatro das estatísticas – pontos, ressaltos, assistências, roubos de bola ou desarmes de lançamento – durante um jogo. é um feito extremamente raro, e o primeiro na NBA a ter um registado foi Nate Thurmond em 1974 quando jogava pelos Bulls. Depois dele, só foram registados mais três.
Na NBA só passou a ser possível de contabilizar a partir de 1973/74, que foi quando a NBA passou a registar os desarmes de lançamento e os roubos de bola.

Rookie
É um jogador que está no seu primeiro ano na NBA.

Salary Cap
O tecto salarial da NBA é o limite da quantia total de dinheiro que as equipas da National Basketball Association podem pagar aos seus jogadores. Veja mais aqui.

Shooting Guard
É uma das cinco posições dos jogadores num jogo de basquetebol e abreviada pelas letras SG. O shooting guard (em português, extremo-base) tem como principal objectivo marcar pontos para a sua equipa e roubar a bola quando defende. Algumas equipas pedem aos seus shooting guards para conduzir a bola também. Um jogador que possa trocar entre shooting guard e small forward é conhecido como swingman. Nos Bulls temos os de Michael Jordan, Zach LaVine, Jerry Sloan ou Ben Gordon.

Sign-and-trade
Na NBA, um sign-and-trade é um tipo de transação permitida pelo acordo coletivo de trabalho (CBA) onde uma equipa assina com um jogador livre irrestrito ou restrito um novo contrato, apenas para o trocar imediatamente para outra equipa à escolha do jogador. Isto é tipicamente feito para permitira ao jogador ter um salário maior ou um maior número de anos no contrário que o teto salarial da NBA não permitiria se o jogador assinasse diretamente pela nova equipa.

Small Forward
É uma das cinco posições dos jogadores num jogo de basquetebol e abreviada pelas letras SF. Os small forwards (em português, extremo) são tipicamente mais baixos, rápidos e atléticos que os power forwards. São responsáveis por marcar pontos e defender, e muitas vezes são o segundo ou terceiro responsável pro ganhar ressaltos atrás do power forward e center. No basquetebol profissional alguns têm responsabilidades de organizador de jogo e muitos são pontuadores prolíficos. Nos Bulls temos os exemplos de Luol Deng, DeMar DeRozan, Chet Walker ou Scottie Pippen.

Stretch Four
É um power forward que é “esticado” para fora do garrafão. Muitas vezes são atletas que jogam como small forward ou power forward, mas o mais comum é ver power forwards especializados no lançamento de longa distância e a jogarem mais longe da tabela. O objetivo é ter menos jogadores na zona do garrafão para abrir espaço para penetrações.

Swingman
É um jogador que pode trocar entre as posições de shooting guard e small forward. Temos nos Bulls o exemplo de DeMar DeRozan, que pode jogar em ambas as posições.

Triplo-Duplo
É uma performance onde um jogador acumula uma dezena em três das estatísticas – pontos, ressaltos, assistências, roubos de bola ou desarmes de lançamento – durante um jogo. A combinação mais comum é entre pontos, ressaltos e assistências. Michael Jordan é o líder dos Bulls em triplos-duplos, tendo registado 28 durante a sua carreira em Chicago. 15 deles foram na temporada de 1988/89.